Tatuagens inspiradas em Quentin Tarantino e seus personagens

by Mike Correa
1 comment

Quentin Tarantino é roteirista, diretor e ator de cinema norte-americano. Considerado um inovador do cinema contemporâneo. Escreveu e dirigiu filmes como “Cães de Aluguel”, “Amor à Queima-Roupa” e “Pulp Fiction – Tempo de Violência”. Nasceu no Tennessee, nos Estados Unidos, no dia 27 de março de 1963. Filho de Tony Tarantino, ator e músico, e de Connie McHugh, descendente de irlandeses e índios. Foi para Los Angeles aos dois anos de idade. Desde jovem frequentava as exibições de filmes e logo tornou-se um cinéfilo e admirador de filmes alternativos.

Os rumores de ter trabalhado nos filmes A Hora dos Mortos-Vivos e Rei Lear foi apenas uma forma de Tarantino aumentar seu currículo indevidamente, mas o erro acabou indo para em vários livros especializados de cinema.

Foi gerente de uma videolocadora. Inclusive, o próprio Tarantino credita grande parte de sua criatividade ao fato de ter tido acesso a diversos filmes em seu trabalho, que lhe serviram de inspiração. Tem o costume de atuar em seus filmes, em pequenas pontas.

Em 1992, dirigiu o filme “Cães de Aluguel”, incentivado por Lawrence Bender, onde já revelava sua estética crua e forte. Mas notabilizou-se como roteirista dos filmes “Amor à Queima-Roupa” e “Assassinos por Natureza”, lançados em 1993.

Tarantino recebeu vários convites para trabalhar em Hollywood, mas preferiu isolar-se em Amsterdã a fim de conceber outro filme: “Pulp Fiction – Tempo de Violência”, roteirizado e dirigido por ele. O filme foi sucesso de público em 1994, e alcançou a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Também recebeu o Oscar de Melhor Roteiro Original e foi indicado na categoria melhor Filme.

Em 1997, dirigiu o filme “Jack Brown” uma adaptação do romance “Rum Punch”, de Elmore Leonard. Em 2003 e 2004, escreveu e dirigiu os filmes “Kill Bill” volume 1 e volume 2, que foi elogiado pela atuação da atriz Uma Thurman. Em 2007, dirigiu o filme “À Prova de Morte”, e em 2009, dirigiu “Bastardos Inglórios”. Este último recebeu indicação para o Oscar de Melhor Filme e ganhou o de Melhor Ator Coadjuvante.

Quentin Tarantino admitiu sua influência do cinema inglês, filmes de faroeste, de artes marciais e a Nouvelle Vague francesa. Sua estética cinematográfica é considerada inovadora e ousada, com traços de violência e humor.

Tatuagem de Tarantino por Domantas Parvainis

Tatuagem de Pulp Fiction por André Rodrigues (Dom Rodrigues)

Old School de “Pulp Fiction” por Thais Leite

 

Tenente Aldo de “Bastardos Inglórios” por Israel Carvalho.

Pai Mei de  “KIll BIll” por Erick Andrade

Dr.King Shcultz de “Django Livre” por Luka Lajoie

Django de “Django Livre” por Miguel Bohigues

Django de “Django Livre” por Dan Molloy

Cães de Aluguel

 

Calvin Candie “Django Livre” por Israel Carvalho

Beatrix  de “Kill Bill ” por Benjamin Laukis

Mia de “Pulp Fiction” por Benjamin Laukis

Listinha da Beatrix.

Tatuagem de “Kill Bill’ por Anam of Bloodline Tattoo.

Beatrix de  “Kill Bill” por Mathilde Emilie Bak Høyberg

Jules Winsfield de “Pulp Fiction” por Sandrinho Cavalcanti

Major Marquis Warren de “Os Oito Odiados” por Sandrinho Cavalcanti

Fonte: Adoro Cinema | E-Biografia

Você pode gostar

1 comment

João 17 de fevereiro de 2017 - 20:25

Sempre bom saber sobre uma mente inquieta e genial. Texto com obras essenciais.

Leave a Comment

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ver Mais

Enable Notifications    OK No thanks